MP vai investigar morte de idosa que aguardou leito 19 dias na UPA

O Ministério Público do Paraná (MPPR) vai apurar a morte de uma paciente que aguardou por leito hospitalar durante 19 di..

Jordana Martinez - 27 de abril de 2018, 16:06

UPA/ reprodução Tarobá
UPA/ reprodução Tarobá

O Ministério Público do Paraná (MPPR) vai apurar a morte de uma paciente que aguardou por leito hospitalar durante 19 dias na Unidade de Pronto Atendimento no Jardim Veneza, em Cascavel, no oeste do Parnaá.

O objetivo, segundo nota do MP, é saber se a morte da paciente, no dia 18 de dezembro de 2017, foi motivada pela falta de estrutura para atendimento: "averiguar se foi decorrente de falta de suporte de saúde já que permaneceu por 19 dias na UPA, com previsão médica de atendimento e, morreu sem ter obtido tal serviço".

Será instaurado um procedimento investigatório criminal sobre o caso.