MPPR recomenda que Governo do Paraná reveja reaberturas no comércio

Jorge de Sousa

Comércios de Curitiba podem vender pela internet e têm alvarás renovados

O MPPR (Ministério Público do Paraná) encaminhou nesta segunda-feira (8) recomendações à Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) para a revisão da reabertura do comércio no estado.

O documento foi assinado pelos promotores de Justiça responsáveis pela Proteção à Saúde Pública do MPPR nas quatro macrorregiões do Paraná.

Os promotores pedem a análise sobre as Resoluções 632/20 e 734/20 e a Nota Orientativa 34/20 que permitiram a reabertura de setores não essenciais, como shoppings, centros comerciais, academias e igrejas.

A justificativa dos promotores é que o Paraná tem registrado um crescimento dos casos do novo coronavírus (Covid-19) nas últimas três semanas.

O Ministério Público ainda aponta que a Sesa adote critérios técnico-científicos para justificar as aberturas dos comércios, além da divulgação de um plano para a contenção da doença, incluindo leitos hospitalares e disponibilidade de testes.

Nesta segunda-feira a Sesa anunciou que o Paraná ultrapassou a marca de 7 mil casos confirmados do novo coronavírus.

Desde o dia 12 de março o estado registra 7.031 casos confirmados e 243 óbitos pelo novo coronavírus.

Previous ArticleNext Article