Mulher é presa por ser suspeita de incendiar a própria casa e matar seu marido

Vinicius Cordeiro

mulher presa incendiar

Uma mulher de 36 anos foi presa nesta quarta-feira (17) por ser suspeita de originar um incêndio e matar seu marido. Alexandre Adam Rampão, de 46 anos, foi vítima do fogo em sua casa no dia 25 de maio deste ano, no bairro São Pedro, em Quatro Barras. Ele acabou falecendo pela fumaça e teve seu corpo carbonizado.

A cidade, que fica na Região Metropolitana de Curitiba, também foi onde a mulher acabou sendo detida pela Polícia Civil do Paraná (PCPR).

O CASO

Elenice Krupek Borges, de 36 anos, teria dito que o fogo começou na cozinha por uma panela que deixou no fogão. Ainda segundo ela, o fogo teria tomado conta da casa e ela não conseguiu acordar Alexandre, que estava dormindo.

No entanto, de acordo com as investigações, não existem indícios de incêndio na cozinha. A mulher tentou sustentar sua versão, mas acabou sendo desmentida por testemunhas.

“O ex-patrão da vítima, que foi incendiado, conseguiu uma gravação de uma confissão de Elenice. Ela confirma que colocou fogo na casa. Eles tinham brigado, ele queria usar uma pedra de crack e ela estava alcoolizada. Com ele dormindo, ela fez mais uma caipira e ateou fogo na cortina e colocou embaixo do colchão de onde ele estava dormindo”, disse o delegado Luiz Carlos de Oliveira.

Além disso, as testemunhas relataram que Elenice tentou simular um incêndio e por isso colocou fogo na cortina. Além disso, a mulher ainda teria dito que não tinha a intenção de matar o homem. Por fim, ainda falou que o fogo tomou proporção maior do que imaginado.

A mulher responderá por homicídio qualificado por motivo torpe e está à disposição da Justiça.

Previous ArticleNext Article