Mulher vende o filho para comprar drogas no noroeste do Paraná

Uma moradora de Umuarama, no noroeste do Paraná, é suspeita de ter vendido o próprio filho de apenas cinco anos de idade..

Redação - 03 de abril de 2018, 16:13

Uma moradora de Umuarama, no noroeste do Paraná, é suspeita de ter vendido o próprio filho de apenas cinco anos de idade. A mulher seria viciada em drogas e a informação levantada pela Polícia Civil é que ela recebeu R$ 500 pela criança. A princípio, o casal que fez a “compra” teria entrado com um pedido judicial para obter a guarda definitiva do menino.

Foi quando a mãe decidiu voltar atrás e pedir o garoto de volta. O caso só foi descoberto porque a bisavó da criança procurou a delegacia e denunciou a neta. A mãe do menino é viciada em crack e tem, além dele, outros quatro filhos. Nenhuma das crianças vive com ela. Em depoimento, o casal negou ter comprado o menino e ter exigido dinheiro para devolver a criança.

Eles sustentam que só pediram a guarda para poder cuidar do garoto, mas a polícia investiga o caso. O Conselho Tutelar da cidade chegou a ser acionado, mas o menino foi deixado sob os cuidados da bisavó enquanto a Justiça analisa o caso.