Coronavírus: mulheres são presas por organizar festa com 100 pessoas no PR

Duas mulheres foram presas e autuadas pela aglomeração durante a pandemia do coronavírus no Paraná neste domingo (19). E..

Redação - 20 de abril de 2020, 08:42

Divulgação/Prefeitura de Arapongas
Divulgação/Prefeitura de Arapongas

Duas mulheres foram presas e autuadas pela aglomeração durante a pandemia do coronavírus no Paraná neste domingo (19). Elas são acusadas de organizar uma festa, com aproximadamente 100 pessoas em Arapongas, na região norte do estado.

Na cidade, um decreto municipal (216/20) proíbe festa ou eventos que causem aglomerações por causa do risco de transmissão da Covid-19. Além disso, segundo o último boletim da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), Arapongas tem 13 casos confirmados e uma morte por coronavírus.

A polícia também encontrou uma pistola 9mm carregada, mais de R$ 300 em dinheiro e porções de maconha e ecstasy.

O dono da arma não foi localizado, mas a jovem que assumiu ser a responsável pela festa foi encaminhada à delegacia. Junto com ela também foi uma amiga, que teria divulgado a festa pelas redes sociais. A idade delas, contudo, não foi revelada.

FESTA É FECHADA PELA POLÍCIA NO PARANÁ

A ação no bairro Estrada do Aliança, em Arapongas, foi feita em conjunto pela PMPR (Polícia Militar do Paraná), GM (Guarda Municipal), Conselho Tutelar e Samu.

De acordo com a prefeitura de Arapongas, duas mulheres foram identificadas como organizadoras da festas e foram autuadas por descumprimento de medida sanitária.

A pena do crime varia de de um mês a um ano prisão além de multa.

Por fim, aproximadamente 20 adolescentes estavam no evento. Eles foram retirados do local pelo Conselho Tutelar.

O dinheiro apreendido foi arrecadado na entrada da festa (Divulgação/Prefeitura de Arapongas)