Nadador envenenado por caravela é levado às pressas para hospital no PR

Angelo Sfair

nadador, nadadores, banhistas, água viva, água-viva, caravela, caravelas, veneno, envenenamento, pontal do paraná, matinhos

Um nadador envenenado por uma caravela precisou ser levado às pressas para o hospital após apresentar reações alérgicas. O caso foi registrado na manhã desta segunda-feira (03), em Pontal do Paraná, no litoral. Corpo de Bombeiros e SAMU realizaram os primeiros socorros. O homem foi levado ao hospital por um helicóptero da Polícia Militar. O quadro de saúde é estável e ele pode receber alta ainda hoje (03).

Conforme o Corpo de Bombeiros, um grupo de aproximadamente 40 nadadores fazia uma travessia aquática de 12 km nas proximidades do Parque Nacional Marinho das Ilhas dos Currais. Pelo menos três pessoas sofreram ferimentos mais graves.

“No terço final da travessia, os nadadores encontraram com caravelas e sofreram lesões na pele. A maioria dos atingidos apresentou sinais de ardência e vermelhidão na pele, mas três nadadores sentiram um pouco mais e um deles precisou ser resgatado”, contou a tenente Virgínia Turra, do Corpo de Bombeiros.

água-viva, águas-vivas, caravela, medusa, litoral, paraná, acidente, toxina, venenosa, queimadura, corpo de bombeiros, praias, vinagre, operação verão, acidente, acidentes
Mais comuns no litoral norte do Brasil, as caravelas também podem oferecer problemas para os banhistas no sul do país (Divulgação/Sesa)

De acordo com a tenente, o grupo de nadadores estava preparado e agiu rapidamente. Assim, o homem que apresentou reações alérgicas mais graves após o contato com a caravela foi levado de caiaque até a costa. Conforme os relatos, o nadador sentia muitas dores, câimbras e tremores.

Assim, o socorro foi acionado. Percebendo a gravidade do quadro, Corpo de Bombeiros e SAMU acionaram o BPMOA (Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas). O helicóptero Falcão 03 encaminhou a vítima até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Praia Grande, em Matinhos, no litoral do Paraná.

A vítima do envenenamento é um bombeiro militar. Conforme a tenente Virgínia Turra, o quadro de saúde do homem é estável e ele pode receber alta ainda nesta segunda-feira (03).

VÍDEO: NADADOR É RESGATADO NO PARANÁ APÓS ENVENENAMENTO POR CARAVELA

Previous ArticleNext Article