Neve é registrada no município de Palmas, confirma Simepar

Este foi o primeiro registro de neve no Paraná em 2022; Curitiba amanheceu com temperatura mínima de 5,7°C e rajadas de vento cortantes.

Redação - 18 de maio de 2022, 11:04

Foto: Arquivo/Prefeitura de Palmas
Foto: Arquivo/Prefeitura de Palmas

O município de Palmas, na região Sul do estado, registrou neve com chuva congelada, confirmou o Simepar (Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná) nesta quarta-feira (18). O fenômeno foi registrado na tarde de ontem, conforme o órgão.

De acordo com o Simepar, a cidade amanheceu com mínima de 1,4°C, a temperatura mais baixa no estado hoje. A manhã em Palmas também foi marcada por presença de chuva congelada. Por lá, os termômetros não passam dos 5ºC nesta quarta.

Este foi o primeiro registro de neve no Paraná em 2022. Moradores de General Carneiro, cidade próxima a Palmas, também registraram a presença de chuva congelada.

CAPITAL AMANHECE COM 5ºC e RAJADAS DE VENTO

Curitiba amanheceu nesta quarta-feira (18) com temperatura mínima de 5,7°C, de acordo com o Simepar. A sensação térmica, entretanto, era ainda mais baixa em função do vento cortante. Na Capital, as rajadas de vento alcançaram 52 km/h.

Segundo a Defesa Civil municipal, a ventania causou a queda de uma árvore na Rua Deputado Nilson Ribas, no bairro Seminário. Não houve bloqueio no trânsito.

Os ventos fortes são reflexo da Tempestade Subtropical Yakecan, que atinge o litoral Sul do Brasil. O Litoral paranaense, aliás, registrou a maior rajada de vento nesta quarta, com velocidade de 64 km/h, às cinco horas da manhã, em Guaratuba.

A previsão do Simepar indica temperatura máxima em Curitiba na casa dos 11ºC.

ALERTA DE NEVE NO PARANÁ

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu ontem (17) um alerta de neve para 33 cidades do Paraná. Além dos municípios do Sul do estado, cidades como Guarapuava, Irati e Ponta Grossa, além de municípios da Região metropolitana de Curitiba, como a Lapa, estavam na lista.

Apesar disso, o fenômeno foi registrado até o momento apenas na cidade de Palmas, como confirmou o Simepar.