No fim de semana de vestibular, estudantes desocupam UFPR

Mariana Ohde


Após um mês de ocupação, os estudantes deixaram os prédios da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba, durante este final de semana – quando foi realizada a segunda fase do vestibular da instituição. Nesta segunda-feira (28), eles devem seguir para Brasília, onde participam de um ato nacional contra a PEC 55 – a Proposta da Emenda à Constituição que prevê um teto para os gastos públicos por 20 anos – e a MP 746 – a Medida Provisória da reforma do ensino médio.

O prédio Dom Pedro I, na Reitoria, estava ocupado desde o dia 24 de outubro. Foi o primeiro espaço da universidade a ser ocupado. Dois dias depois, o outro prédio do complexo da Reitoria, o Dom Pedro II. também foi ocupado.

Ao deixarem o local, os estudantes leram um manifesto e reforçaram que a mobilização continua contra a PEC 55 e a MP 746. Os estudantes também são contra a perda de direitos dos trabalhadores, a criminalização dos estudantes do movimento estudantil e pedem a volta do ônibus intercampi no litoral do estado.

Nove prédios da instituição chegaram a ser ocupados desde o final de outubro. Na terça-feira (22) a Justiça Federal determinou a reintegração de posse de todos os espaços. Na quarta-feira (23), o prédio de Enfermagem e Terapia Ocupacional, no Jardim Botânico, foi desocupado voluntariamente pelos alunos.

Na sexta-feira (25) à noite, os estudantes que ocupavam os outros prédios foram notificados pelo oficial de justiça. O prédio de Educação Física foi desocupado na noite de sexta-feira, após a notificação. Os demais espaços ocupados em Curitiba foram desocupados ao longo do sábado – são os prédios de Artes, no Batel, do setor de Ciências da Terra, de Exatas e de Arquitetura (que ficam no Centro Politécnico) e os prédios Dom Pedro I e Dom Pedro II que ficam na reitoria.

No sábado (26) o reitor Zaki Akel Sobrinho falou sobre a desocupação, que foi pacífica. A expectativa é que as atividades voltem ao normal ainda nesta segunda-feira (28). “Não houve dano ao patrimônio público, então a gente está recebendo esses prédios de volta. Gradualmente, vamos voltar à normalidade. A expectativa é a de que na segunda-feira tenhamos um retorno às atividades acadêmicas”, afirma, comemorando que a saída dos estudantes foi pacífica.

Na quinta-feira (24), o Conselho Universitário da UFPR reconheceu a legitimidade das manifestações dos alunos e professores e se posicionou contra a PEC 55 a MP 746. O reitor explicou que mesmo com a decisão do Conselho, a desocupação dos prédios era necessária para dar continuidade às atividades acadêmicas. Na sexta-feira (2), o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão deve decidir como será o calendário de reposição das aulas.

Vestibular UFPR

O vestibular da UFPR aconteceu neste sábado (26) e domingo (27). No domingo, os estudantes fizeram as provas de Compreensão e Produção de Textos. As provas de conhecimentos específicos, que seriam realizadas hoje, foram adiantadas para o sábado e ocorreram de forma tranquila. Ao todo os candidatos concorrem a 6.815 vagas – 5.494 do Processo Seletivo UFPR e 1.251 do SiSU/MEC. São 121 cursos.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal