Polícia busca responsável por tiroteio dentro de shopping de Londrina

Um homem morreu na ação, que ocorreu na praça de alimentação do shopping; ele possuía uma ficha extensa com várias passagens criminais, conforme a polícia

Tarobá News - 25 de março de 2022, 08:03

Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter

A polícia segue as buscas pelos envolvidos no tiroteio dentro de um shopping em Londrina, na região Norte do estado, nesta quinta-feira (24). Na ocasião, um homem efetuou disparos contra um casal na praça de alimentação. Uma das vítimas morreu na hora.

De acordo com informações da Polícia Militar, os dois estariam sentados em um restaurante quando um homem entrou, sacou um revólver e efetuou os disparos. Câmeras de segurança do centro comercial flagraram o momento exato em que o casal foi baleado e auxilia na identificação do suspeito.

A mulher baleada, de 27 anos, ficou ferida e foi encaminhada pelos socorristas à Santa Casa da cidade. Para a Polícia Civil, o crime foi premeditado e pode estar ligado ao tráfico de drogas. “O que indica, pela ação do suspeito, o crime foi planejado. O suspeito efetuou os disparos sem reação da vítima”, disse o delegado Ernandes Alves.

O homem que morreu na ação foi identificado como Marcos Vinicius Roque, de 34 anos. Ele foi atingido por pelo menos três tiros e possuía uma ficha extensa com várias passagens criminais, conforme a polícia.

“Mais de três disparos que atingiram a região do pescoço, a mão, provavelmente em reação de defesa e a região da clavícula”, disse a chefe do Instituto Médico Legal (IML) de Londrina, Cristiane Batilana, para onde o corpo foi encaminhado.

O atirador abandonou um veículo Vectra que foi utilizado na fuga nas proximidades do shopping.

Ainda na tarde de quinta-feira, investigadores encontraram o carro que estava com a vítima do assassinato. Um Ònix com os vidros pretos com uma pistola ao lado do freio de mão. O veículo estava no estacionamento coberto e a arma reforça que o homem teria envolvimento com o crime.

“Esse também é objeto de investigação e a gente vai apurar o porquê da vítima estar armada. Até porque uma das linhas de investigação seria uma briga por tráfico de drogas”, completou o delegado responsável pela investigação.

O Shopping Catuaí se pronunciou por meio de nota e afirmou que está colaborando com as investigações, mas não comentou sobre o esquema se segurança.

A mulher baleada continua internada e o quadro de saúde é considerado estável.

Com informações da Tarobá News.