Refugiados venezuelanos chegam hoje ao Paraná

Um novo grupo de 80 refugiados da Venezuela desembarcam no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais,..

Andreza Rossini - 25 de setembro de 2018, 09:17

Foto: Comando da 5ª Região Militar
Foto: Comando da 5ª Região Militar

Um novo grupo de 80 refugiados da Venezuela desembarcam no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, na terça-feira (25).

De acordo com a 5ª Região Militar, são pessoas que solicitaram "refúgio ou residência" no Brasil e aceitaram participar da interiorização, criada para ajudar famílias em situação de extrema vulnerabilidade social a encontrar melhores condições de vida,

O Boeing 767, da Força Aérea, com os venezuelanos, tem previsão de pouso às 14h30.  O grupo desembarca e segue para uma instituição situada na Vila Fanny, em Curitiba. As famílias venezuelanas serão acolhidas no Convento dos Freis Carmelitas.

A interiorização tem o apoio da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), da Agência da ONU para as Migrações (OIM), do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

A iniciativa prevê o interesse das cidades de destino e a existência de vagas em abrigos. Segundo a Casa Civil, reuniões prévias com autoridades locais e coordenação dos abrigos definem detalhes

sobre atendimento de saúde, matrícula de crianças em escolas, ensino da Língua Portuguesa e cursos profissionalizantes.

Operação Acolhida

A Operação Acolhida é conjunta – composta por representantes da Marinha, Exército e Força Aérea – interagências – com representantes diversos ministérios do governo federal – e de natureza

humanitária – reunindo diferentes organizações não governamentais, agências civis, secretarias estaduais e municipais, Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, entre outros órgãos.