Viaduto do Orleans: Prefeitura de Curitiba e Governo do Estado lançam edital de licitação

Redação

Viaduto do Orleans: Prefeitura de Curitiba e Governo do Estado lançam edital de licitação

Nesta segunda-feira (16), a Prefeitura de Curitiba, em parceria com Governo do Estado, lançou o edital de licitação para o projeto de engenharia do novo viaduto do Orleans, na Capital.

O investimento por parte da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Logística é de R$ 1.170.304,39, com contrapartida municipal de R$ 491.351,21. A previsão contratual para conclusão do projeto de engenharia do novo modal é de 360 dias.

Após essa fase, será possível licitar as obras, que têm custo estimado em R$ 30 milhões e serão custeadas também com recursos do Estado. “A proposta engloba uma nova rotatória com várias pistas marginais e vai encerrar o caos urbanístico dessa ligação com os bairros. Curitiba cresceu e o Viaduto do Orleans ficou pequeno”, afirmou Ratinho Junior.

NOVO VIADUTO DO ORLEANS, EM CURITIBA

O projeto prevê a construção de dois novos viadutos em alças para fluxo ininterrupto de veículos conectando as duas pistas da BR-277 aos bairros São Braz, Santa Felicidade, Cidade Industrial de Curitiba e Campo Comprido.

Os acessos para a Rua Professor João Falarz e a Avenida Vereador Toaldo Túlio no entroncamento com a rodovia federal também serão revitalizados. O equipamento vai melhorar também a integração metropolitana com Campo Largo.

Com a modernização da estrutura, o viaduto original será transformado em um espaço de convivência para moradores e turistas, espécie de jardim suspenso arborizado para passagem de ciclistas e pedestres (veja abaixo). Também será um espaço de observação da histórica Paróquia Santo Antônio de Orleans.

Divulgação

Segundo a Prefeitura de Curitiba, passam pelo local cerca de 3 mil veículos por hora nos picos de movimento. “É um sonho antigo que aos poucos vai se transformando em realidade. Agora, com os recursos repassados pelo Governo do Estado, será contratado o projeto de engenharia para orientar as futuras obras do novo viaduto do Orleans”, explicou Rafael Greca.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="783507" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]