Obras de duplicação não foram cumpridas em atual contrato de pedágio

Redação

Obras de duplicação não foram cumpridas em atual contrato de pedágio

O contrato das praças de pedágio do Paraná será encerrado neste final de semana e 51% das obras de duplicação previstas não foram cumpridos no estado.

Os números foram divulgados por técnicos do Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura da Universidade Federal do Paraná durante audiência pública na Assembleia Legislativa do Paraná, nesta

O estudo foi encomendado pela Frente Parlamentar do Pedágio da Assembleia e mostrou que apenas 439,23 km dos 855 km das rodovias concessionadas foram duplicados em 24 anos, enquanto 213,86 km de 377 km das terceiras faixas foram concluídas.

“Restaram passivos expressivos em obras, acordos de leniência, ações judiciais e custos logísticos. Também ficam aprendizados que devem ser lembrados, tais como necessidade de melhor governança, fiscalização mais atuante e maior controle social. Além dos passivos, ainda existem os desafios da transição e do novo modelo”, afirmou o professor da UFPR, Roberto Gregório da Silva Jr.

As novas concessões do pedágio no Paraná devem ter o edital de licitação divulgados no primeiro trimestre de 2022, com as assinaturas de contrato previstas para o terceiro trimestre.

Dessa forma, por cerca de um ano não haverá cobrança de pedágio nas estradas que fazem parte dessa concessão, com a administração ficando a cargo do DER-PR (Departamento de Estradas de Rodagens).

LEIA MAIS: Paraná distribui mais 474 mil vacinas contra a covid-19 para os municípios

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="805578" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]