Ocupação de leitos de UTI/SUS chega a 98% na região oeste do PR

Martha Feldens

Ocupação de UTI/SUS exclusiva

A ocupação de leitos exclusivos de UTI/SUS para covid-19 em adultos na macrorregião oeste do Paraná chegou a 98% neste domingo (28). De acordo com o último boletim da Secretaria Estadual da Saúde, a região dispunha, ao final do dia, de apenas 4 leitos  disponíveis. A taxa de ocupação é a maior do estado.

Mas não há situações muito melhores no resto do Paraná. O estado como um todo está com uma taxa de uso de UTIS/SUS exclusivas de 96%, com 52 leitos disponíveis em todo o seu território. Depois do oeste, a pior situação está na macrorregião Leste, que engloba a capital, com índice de 97% e 24 vagas livres.

Em seguida, vem a macrorregião Noroeste, com ocupação de 94% e disponibilidade de nove leitos. E, com índice ainda alto, mas o melhor do estado no momento, a macrorregião Norte apresenta taxa de ocupação de 93%, com 15 leitos disponíveis.

Já na terapia intensiva pediátrica exclusiva para covid-19, o panorama é mais tranquilo na maior parte do estado. Mas não na região oeste, onde os únicos dois leitos existentes estão ocupados.

Situação melhor nas enfermarias

De acordo com os dados do boletim, a situação para leitos/SUS de enfermaria é bem melhor. O estado como um todo está com 74% desses leitos ocupados, e tem 492 vagas. O índice do oeste é mais uma vez o pior: 80% de ocupação, com 60 leitos em aberto. A macrorregião Norte apresenta os mesmos números. O noroeste vem em seguida, com ocupação de 78% e 49 leitos disponíveis.

O maior número de vagas em enfermaria está na macrorregião Leste: 323. A taxa de ocupação está em 70%.

Em leitos pediátricos de enfermaria exclusivos para covid-19, há uma situação melhor em todo o estado.

 

Veja o boletim completo aqui.

 

Leia também: No Paraná, mortes pela covid-19 chegam a 11.581

Previous ArticleNext Article