Comandante da Guarda Municipal morre aos 60 anos vítima da Covid-19

Redação

odgar nunes cardoso, odgar cardoso, inspetor odgar, guara municipal de curitiba, guarda municipal, cmc, prefeitura de curitiba, covid-19, coronavírus, covid-19, morte, mortes

O comandante emérito da Guarda Municipal de Curitiba, inspetor Odgar Nunes Cardoso, de 60 anos, morreu nesta quarta-feira (5) vítima da Covid-19.

Ele atuava como superintendente da Secretaria Municipal da Defesa Social. A Prefeitura de Curitiba decretou luto oficial de três dias.

Odgar Nunes Cardoso deixa a esposa, Silvia Zoraski, e os filhos Helena e Lucas. Gaúcho de Júlio Castilho (RS), ele atuava há 31 anos na Guarda Municipal de Curitiba.

Durante esse período, o inspetor ocupou o cargo máximo da instituição em duas oportunidades: de 2010 a 2012 e de 2017 a 2019.

O prefeito Rafael Greca lamentou a morte de Odgar. “Servidor impecável de Curitiba, ele fez da Guarda Municipal uma brilhante trajetória profissional”, destacou.

O inspetor Odgar Nunes Cardoso ingressou na corporação em 1988, e fez parte da primeira turma de guardas. Anteriormente, foi sargento do Exército.

Sendo um dos membros mais antigos da Guarda Municipal, ele tornou-se supervisor em 1994. Em 2004, passou ao cargo de inspetor.

odgar nunes cardoso, odgar cardoso, inspetor odgar, guara municipal de curitiba, guarda municipal, cmc, prefeitura de curitiba, covid-19, coronavírus, covid-19, morte, mortes
Odgar Cardoso fez parte da primeira turma da GM, de 1988 (Pedro Ribas/SMCS)

O secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel, lamentou a perda do colega e do profissional.

“Uma pessoa muito querida, muito parceira, empenhada em garantir a segurança de toda população e que não media esforços para o trabalho”, disse.

Previous ArticleNext Article