Cidades do Oeste e Sudoeste do Paraná estão sem energia elétrica após temporal

O temporal que atingiu o Paran√° na quinta-feira (25) causou estragos na rede el√©trica que abastece munic√≠pios das regi√Ķe..

Redação - 26 de novembro de 2021, 14:01

Equipes da Copel trabalham na recomposição de rede elétrica após temporal - - Curitiba, 26/11/2021 - Foto: Copel
Equipes da Copel trabalham na recomposição de rede elétrica após temporal - - Curitiba, 26/11/2021 - Foto: Copel

O temporal que atingiu o Paran√° na quinta-feira (25) causou estragos na rede el√©trica que abastece munic√≠pios das regi√Ķes Oeste e Sudoeste do estado. De acordo com a Copel, 11,7 mil im√≥veis seguem com o fornecimento el√©trico interrompido nesta sexta-feira (26).

Conforme a companhia, os danos na rede el√©trica causados pela chuva seguida de raios e ventos fortes chegaram a interromper simultaneamente o fornecimento de energia a 64 mil domic√≠lios destas regi√Ķes.

Em Cascavel, 2,7 mil mil im√≥veis est√£o sem energia. A maioria das ocorr√™ncias est√° em √°reas rurais, e representam 1,7% das liga√ß√Ķes atendidas no munic√≠pio. Das 535 emerg√™ncias para atendimento na cidade e adjac√™ncias, boa parte est√° localizada no distrito de Rio do Salto e nas comunidades Salto Port√£o, Espig√£o Azul, Guavir√°, Refopaz e S√£o Salvador. Na sa√≠da para Boa Vista da Aparecida, um trecho teve dois postes quebrados em um morro com acesso bastante dif√≠cil, em que as equipes de obras precisar√£o atuar.

Em Marechal C√Ęndido Rondon s√£o 759 domic√≠lios desligados, principalmente devido a cabos rompidos na √°rea urbana. No Sudoeste, Coronel Domingues Soares tem 800 domic√≠lios sem luz e em P√©rola do Oeste s√£o cerca de 600 domic√≠lios desligados, a maioria em √°reas rurais.

‚ÄúTivemos muitos pontos com galhos e cascas de √°rvores sobre as redes. Estamos com todo nosso contingente atuando, pois nossa √°rea rural √© muito grande, com pontos de dif√≠cil acesso‚ÄĚ, avalia o gerente regional de manuten√ß√£o da Copel, Andr√© Rodrigues Janiaski.

A interrup√ß√£o de energia tamb√©m afeta os sistemas de abastecimento de √°gua em diversas localidades destas regi√Ķes, segundo informa a Sanepar. No momento, permanecem sem energia S√£o Jos√© das Palmeiras, Diamante do Oeste, o distrito de Lajeado Bonito, em Castro, e os distritos de Rio do Salto, em Cascavel, e Longuin√≥polis, em Braganey. Em Catanduvas e em P√©rola do Oeste a energia voltou de forma parcial, podendo ter falta de √°gua ao longo do dia.

Paran√° segue em alerta laranja para tempestades

Desde ontem o Paraná está em alerta laranja para a ocorrência de tempestades, segundo o INMET (Instituto Nacional de Meteorologia). O alerta laranja do instituto é válido para todo o estado, além de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

De acordo com o Simepar, os munic√≠pios da metade sul do estado est√£o mais vulner√°veis. Os temporais chegaram a ter rajadas de vento de 91,1 km/h, na regi√£o. Em Marechal C√Ęndido Rondon, as rajadas alcan√ßaram 94,7 km/h.

Nesta sexta, o tempo segue instável no Paraná, mas, com chuvas mais localizadas. Na metade Sul paranaense, apesar de permanecer com muita nebulosidade na maioria das cidades, a tendência é de sol.