Colisão frontal entre ônibus e carro deixa 9 mortos em Candói

Mariana Ohde

O acidente aconteceu na BR-376, quilômetro 410, por volta das 3h da madrugada deste sábado (5).

Uma colisão frontal entre um ônibus e um veículo Santana deixou nove pessoas mortas por volta das 3h da madrugada deste sábado (5), na região de Candói. O acidente aconteceu na BR-373, quilômetro 410.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o ônibus voltava de Curitiba para Realeza. Ele havia sido contratado por um consórcio de municípios da região para transportar cerca de 40 passageiros das cidades paranaenses de Ampére, São Jorge D’Oeste, Nova Prata do Iguaçu, Realeza, Nova Esperança do Sudoeste e Salto do Lontra. A maioria deles eram pacientes que haviam se submetido a consultas médicas na região de Curitiba. Alguns eram acompanhantes.

O veículo VW Santana tinha placa de Foz do Jordão. Um terceiro veículo envolvido no acidente deixou o local e foi localizado, ainda pela manhã, pelas equipes da PRF. O Chevrolet Chevette foi abandonado a cerca de 700 metros do local, dentro de uma área de plantação. O veículo será objeto de perícia. Seus ocupantes fugiram, segundo a PRF.

Vítimas

O motorista do Santana, segundo o Corpo de Bombeiros, fraturou as duas pernas e morreu quando era transportado do hospital de Candói para Guarapuava. O outro ocupante do carro morreu no local.


No ônibus, estavam mais de 40 pessoas, das quais sete também morreram no acidente. De acordo com a equipe da PRF que atendeu a ocorrência, a maioria dos passageiros do ônibus não usava cinto de segurança no momento do acidente.

A PRF ainda não tem o número exato de feridos, que deve estar próximo de 30. Eles foram encaminhados para o Hospital Santa Clara de Candói ou transferidos para os Municípios de Guarapuava e Coronel Vivida.

Equipes do IML e Instituto de Policia Técnica realizaram as perícias no local. Todos os oito corpos foram encaminhados à unidade do Instituto Médico Legal em Guarapuava.

Por motivo ainda desconhecido, segundo a PRF, o Santana invadiu a faixa contrária e colidiu frontalmente contra o ônibus. É possível que uma ultrapassagem indevida tenha provocado o acidente, segundo os policiais.

Equipes da PRF percorrem, na manhã deste sábado, os hospitais da região para identificar as cerca de 30 vítimas feridas. A PRF ainda não tem o número exato de pessoas feridas no acidente.

Post anteriorPróximo post
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal
Comentários de Facebook