Acompanhe o abastecimento de combustíveis nos postos do Paraná

Andreza Rossini

Atualizado às 13:10

Por volta das 11 horas desta quarta-feira (30), 253 dos 340 postos de Curitiba dispunham de combustíveis, de acordo com o Sindicombustíveis.

Ainda segundo o sindicato, as filas apresentaram uma redução em relação à ontem, mas a demanda ainda é grande.  “Por este motivo, não é possível afirmar que todos os 243 ainda tenham estoque neste momento, mas o número reflete uma gradual melhora no abastecimento”, afirma a nota.

De acordo com o Sindicato, caso seja mantido o abastecimento como é realizado agora, a previsão é que o fornecimento do produto seja normalizado nos próximos dias em todo o Paraná. O Sindicombustíveis entrou com ações na Justiça Estadual para liberar o abastecimento em diversas cidades paranaenses.


RMC

Na Região Metropolitana de Curitiba, mais de 40% dos 110 dos postos também tinham combustível.

Litoral

Cerca de 40% dos 60 postos do litoral recebeu combustível.  O caso mais crítico é em Guaratuba, que seguia sem estoque algum de combustível.

Maringá

65% dos 76 dos postos de Maringá possuíam combustíveis no fim desta manhã. Há registro de muitas filas e por isso não é possível precisar a duração destes estoques.

Londrina

Melhorou a situação em Londrina. 20% dos 96 postos da cidade tinham algum estoque de combustível às 11h. Como as filas são muito grandes, os carregamentos têm esgotado rapidamente. Deste modo, não há como garantir que neste momento ainda restem estoques.

Outras cidades

Cascavel e Guarapuava começaram a ter abastecimento, por conta das ações liminares do Sindicombustíveis-PR que pediram o desbloqueio dos centros de distribuição destas cidades.

Ponta grossa: há  informação de que um comboio foi buscar carregamentos em Araucária, mas não temos informação do retorno ainda.

Mais informações sobre outros municípios devem ser divulgados em greve.

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook