Oito pinguins encontrados no litoral do Paraná devem ser devolvidos à natureza

Francielly Azevedo


Oito pinguins-de-Magalhães encontrados no litoral do Paraná foram reabilitados e devem ser reintegrados na natureza nas próximas semanas. De acordo com o Laboratório de Ecologia e Conservação (LEC), os animais chegaram vivos e foram atendidos no Centro de Reabilitação e Despetrolização (CReD) da Universidade Federal do Paraná (UFPR).  Em setembro, cerca de 350 pinguins morreram nas praias de Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná.

“Após esse longo inverno com inúmeros encalhes de animais mortos ou muito debilitados, ficamos felizes com os oito pinguins que reabilitamos e estão aptos a serem reintegrados na natureza. Logo traremos notícias da data e esperamos que todos vocês venham comemorar este momento conosco”, diz a página do LEC no Facebook. 

Conforme o LEC, uma das espécies que mais visita a costa paranaense é o pinguim-de-Magalhães. O animal se desloca do centro-sul da Argentina pelas correntes marítimas em busca de alimento. Os biólogos explicam, que os pinguins, diferente de focas e lobos marinhos, não vão à praia para descansar, então quando encalham é porque precisam de cuidados médico-veterinário.

O LEC ainda orienta que caso alguém encontre pingüins ou outros animais marinhos na orla paranaense, deve ligar para 0800 6423341 ou 41 3511-8671 do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos, do Centro de Estudos do Mar.

CONFIRA O VÍDEO DOS PINGUINS

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.