câmara federal
Compartilhar

Oleoduto que abastece Repar é rompido em SC

Com Metro Jornal CuritibaCriminosos romperam na última segunda-feira um oleoduto que leva petróleo à Repar, refin..

Narley Resende - 24 de maio de 2017, 08:38

Com Metro Jornal Curitiba

Criminosos romperam na última segunda-feira um oleoduto que leva petróleo à Repar, refinaria da Petrobras em Araucária, na região metropolitana de Curitiba.

Segundo a Transpetro, subsidiária que cuida do transporte de combustíveis, o furto foi descoberto na zona rural de Itapoá (SC), nas proximidades do Terminal de São Francisco do Sul (SC), onde o petróleo é desembarcado.

Os ladrões, segundo o Sindipetro-PR/SC (Sindicato dos Petroleiros do Paraná e Santa Catarina), furaram o duto, mas a alta pressão os assustou e eles fugiram do local, deixando o petróleo jorrando.

Até ontem, já haviam sido recolhidos em caminhões- -tanque cerca de 30 mil litros do produto derramado, de acordo com o sindicato.

A Transpetro diz que o vazamento foi contido na mesma manhã, mas no fim da tarde de ontem informava que o duto ainda estava sendo reparado.

O Sindipetro teme que falte petróleo na Repar. A refinaria estaria com os estoques abaixo do recomendado e correria o risco de suspender o refino de combustíveis se não voltasse a receber petróleo até hoje.

“Um grave erro de programação de gestão da refinaria, associado com o mau tempo que vem prejudicando a atracagem de navios no Terminal de São Francisco, deixou a carga de produção em nível muito baixo. O problema pode ser agravado com a perfuração do oleoduto, que interrompeu o bombeamento”, diz o sindicato em nota.

Procurada, a Petrobras se limitou a informar que a Repar opera normalmente.