Onça é capturada na região de Curitiba após ficar oito horas em cima de árvore

Redação


Uma onça parda foi capturada com segurança após oito horas de trabalho por autoridades ambientais em São José dos Pinhais, na região Metropolitana de Curitiba, nesta quinta-feira (27). O animal foi flagrado por moradores do bairro Borda do Campo – que acionaram o Corpo de Bombeiros – já no período da manhã, quando o felino estava em um galho de um abacateiro.

O que mais dificultou a ação foi a altura que a onça estava. A estimativa da Polícia Ambiental é que o animal estava a oito metros de altura, o que exigiu que todos os agentes montassem uma espécie de colchão, com uma lona, para a onça não se machucar na queda.

Além disso, o animal também resistiu ao sedativo. Apesar da equipe veterinária ter acertado o tranquilizante, a onça ficou agarrada ao galho com as duas patas dianteiras antes de cair da árvore.

“O sedativo começa a fazer efeito a partir de 15 a 20 minutos depois de ser injetado. Por causa do estresse que ela estava, demorou um pouco mais”, disse João Serpa, capitão da Polícia Ambiental e um dos coordenadores da ação, em entrevista à Band Paraná.

onça são josé dos pinhais árvore
Momentos antes da onça sofrer a queda. (Reprodução/Band Paraná)

Conforme ele, a onça passará a noite no batalhão da Polícia Ambiental, onde passará por uma avaliação dos veterinários, e será solta em um parque de preservação da Mata Atlântica nesta sexta-feira (28).

O Corpo de Bombeiros, zoológico de Curitiba, IAT (Instituto Água e Terra) e a Guarda Municipal também foram acionados e isolaram a rua Manoel Bento Marques para evitar o grande fluxo de pessoas, que poderia assustar ainda mais a onça.

NÓS ESTAMOS INVADINDO O HABITAT DELA, DIZ CAPITÃO DA POLÍCIA AMBIENTAL

A onça parda encontrada é de médio porte e tem entre 50 e 60 quilos. O animal pode se movimentar por até 100 quilômetros em um dia, mas ainda não se sabe o que pode ter atraído o felino até o local.

“Não imaginávamos que seria um animal tão grande. Quando recebi as fotos, fomos acionando todos os órgãos competentes. Se tivesse alguma criança perto ou alguém fosse mexer com ela, ela poderia avançar”, avaliou ele.

Segundo ele, a presença da onça no entorno de diversas residências é resultado do crescimento das cidades. A região de São José dos Pinhais onde a onça estava fica perto da Serra do Mar.

“A onça parda tem a Mata Atlântica como habitat. Quanto mais a cidade começa a invadir a região de mata, mais animais começam a aparecer nos quintais das casas. Não é a onça que está invadindo a cidade, mas nós que estamos invadindo o habitat delas”, finalizou.

Previous ArticleNext Article