Ônibus do transporte coletivo de Maringá são incendiados; vídeo

Redação


Seis ônibus do transporte coletivo de Maringá, na região noroeste do Paraná, foram incendiados e ficaram completamente destruídos durante a madrugada desta quarta-feira (23). A destruição dos veículos aconteceu em Sarandi, que fica na região metropolitana.

Após muito trabalho do Corpo de Bombeiros, o fogo nos automóveis da empresa Cidade Verde foram controlados. Ainda não se sabe as causas do incêndio. A PCPR (Polícia Civil do Paraná) vai investigar se a ação foi acidental ou criminosa.

O Corpo de Bombeiros afirmou que um sétimo ônibus foi atingido parcialmente pelas chamas. Veja abaixo o vídeo dos ônibus incendiados em Maringá feito por Bruno Gabriel!

No dia 16 de setembro, funcionários de duas empresas do transporte coletivo de Maringá entraram em greve pedindo reposição salarial e pagamento da participação nos lucros. Após seis dias, a categoria decidiu suspender parcialmente a paralisação.

Em nota, o SINTTROMAR (Sindicato dos Condutores de Veículos Rodoviários de Maringá) informou que espera o fim das investigações e repudiou qualquer ligação do sindicato com o ato de vandalismo.

CONFIRA A NOTA PÚBLICA DO SINTTROMAR NA ÍNTEGRA

O SINTTROMAR vem a público manifestar seu total interesse na rápida, isenta e integral investigação pelas autoridades policiais acerca do grave infortúnio ocorrido na garagem da empresa Cidade Verde, sediado na cidade de Sarandi/Pr, em decorrência de atentado ao patrimônio da empresa, provocado pela propagação de incêndio criminoso. 
Causa enorme estranheza ao SINDICATO a ocorrência deste evento, porque ocorre num delicado momento da categoria profissional, que acabara de suspender a greve, muito embora os trabalhadores sigam com suas pautas reivindicatórias.
De todo modo, o SINTTROMAR manifesta profundo repúdio contra qualquer afirmação açodada ou ilação, premeditada ou não, por parte de qualquer autoridade pública ou de outro ente, que tente vincular o grave incidente ocorrido a uma suposta motivação, incentivo, colaboração ou até autoria por parte do sindicato e/ou dos integrantes da categoria profissional. 
O sindicato envidará todos os esforços para que as autoridades policiais tenham rápida e isenta atuação na investigação e elucidação do caso, porém tomará todas as medidas cabíveis contra alegações levianas que tentem manchar a imagem da entidade sindical ou que tente diminuir a gravidade da justa e legítima reivindicação dos trabalhadores rodoviários

*com informações da CBN Maringá

Previous ArticleNext Article