Operação mira suspeitos de furto de armas de agência bancária de Foz do Iguaçu

Redação e Tarobá News


Na manhã desta quinta-feira (25), a PF (Polícia Federal) deflagrou a operação “Caixa 38”, que mira suspeitos de furto de armas e munições que estavam em uma agência da Caixa Econômica Federal de Foz do Iguaçu, na região oeste do Paraná.

O crime aconteceu na noite do dia 31 de dezembro de 2020, quando a porta da agência bancária foi arrombada. De acordo com à polícia, oito armas, que eram de utilização dos vigilantes, foram levadas.

De acordo coma  PF, após a identificação do veículo, foram realizadas diligências que apontaram a participação de outras pessoas na ação.

Serão cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em Foz do Iguaçu e Campinas (SP), que foram expedidos pela 5ª Vara Federal de Foz do Iguaçu. Os investigados poderão responder pelo crime de furto qualificado, com pena máxima prevista de 8 anos de reclusão.

Previous ArticleNext Article