Polícia faz operação contra grupo suspeito de fraudar licitações no Paraná

Uma quadrilha suspeita de fraudes em licitações é alvo de uma operação da Polícia Civil em Curitiba e Assis Chateaubrian..

Redação - 08 de dezembro de 2021, 09:15

(DIvulgação/PCPR)
(DIvulgação/PCPR)

Uma quadrilha suspeita de fraudes em licitações é alvo de uma operação da Polícia Civil em Curitiba e Assis Chateaubriand, na região oeste do Paraná. São 15 mandados de busca e apreensão cumpridos na manhã desta quarta-feira (8).

De acordo com as investigações, a organização usava empresas de fachada para cometer crimes contra a administração pública em licitações de 2017, 2018 e 2019. Entre os investigados estão servidores públicos e também agentes políticos.

A polícia aponta que a maior parte dos crimes ocorreu em Assis Chateaubriand e que monitora o caso desde março de 2019. Desde a época foi investigada eventuais irregularidades na compra de peças de reposição para máquinas pesadas da frota da Prefeitura de Missal. A partir desse episódio, foi verificado que a quadrilha atuava em processos licitatórios de outras regiões.

A quadrilha coordenava uma rede de funcionários-laranjas e com o apoio de servidores públicos, as licitações eram fraudadas para beneficiar o grupo e dar prejuízo aos cofres públicos. Eles vendiam produtos usados com o preço de novos e realizavam o pagamento por peças não utilizadas.

Ainda conforme a PCPR (Polícia Civil do Paraná), essa é a terceira operação policial contra um grupo criminoso. A primeira teve 11 mandados de prisão e 26 de busca e apreensão cumpridos. Em julho deste ano, outras 59 ordens foram cumpridas.