Operação identifica mais de 50 hectares de áreas desmatadas no PR

Andreza Rossini


Da BandNews Curitiba

Mais de 400 metros cúbicos de madeira foram extraídos de forma ilegal no Paraná. Foi o que constatou a Operação Mata Viva, realizada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). A ação aconteceu entre o dia 25 de julho e a última terça-feira (2). A extração de madeiras inclui árvores centenárias e ameaçadas de extinção, como Araucária e Imbuia.

A Operação Mata Viva também localizou pouco mais de 50 hectares de áreas desmatadas na região centro-sul do Paraná. Os principais municípios alvos da ação foram Bituruna e General Carneiro. Em Bituruna, o Instituto embargou uma serraria, pois não apresentava documentação da madeira encontrada. Até o final do ano, a Operação Mata Viva deve realizar mais etapas no Paraná, incluindo ações aéreas.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Fundação SOS Mata Atlântica, o estado do Paraná lidera o ranking de desmatamento no acumulado dos últimos 30 anos.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="376925" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]