Cinco pessoas são presas em operação contra estelionatários no PR

Andreza Rossini e Assessoria

Seis pessoas foram presas em uma operação da Polícia Civil, suspeitas de estelionato e associação criminosa. Cinco das prisões ocorreram na Região Metropolitana de Curitiba e uma no Maranhão.

A Operação “Sutis” foi deflagrada ao longo desta semana, entre os dias 28 e 30, por meio da Delegacia de Estelionato com apoio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais do Maranhão (SEIC).

A investigação durou quatro meses e desmantelou três grupos criminosos de forma simultânea, combatendo a prática de negociações fraudulentas no estado paranaense. Uma das quadrilhas era especializada em fraudar vendas de terrenos através de escrituras e registros imobiliários fraudulentos.

“Os integrantes do grupo criminoso deram um golpe de cerca de R$ 8 milhões. Eles utilizaram as escrituras falsas desses terrenos para negociar com a vítima mais de 40 máquinas agrícolas, que foram rapidamente revendidas pelos estelionatários. Júnior é advogado e utilizava seu conhecimento jurídico para ludibriar as vítimas. Por isso operação “Suits”, expressão norte americana que significa “Ternos”, vestimenta comum na advocacia”, explica o delegado Leonardo Carneiro, da DE.


O homem era monitorado pela polícia e teve as contas bancárias bloqueadas para ressarcir eventuais prejuízos sofridos pela vítima.

Um dos suspeitos foi preso dentro de uma instituição bancária, aplicando um golpe. “Um homem foi preso em uma instituição bancária quando tentava abrir uma conta com documentação falsa, sendo que após algumas diligências, os policiais conseguiram autuar outro suspeito, que era o responsável pelo fornecimento da documentação falsa”, diz o delegado.

Na terceira ação da Delegacia, foi presa uma mulher, também em Colombo no momento em que tentava registrar um contrato de compra e venda de um terreno, utilizando uma procuração defraudada.

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook