Operação Verão vai contar com wi-fi e terá duração de 80 dias nas praias do Paraná

Vinicius Cordeiro


Com duração de 80 dias, a Operação Verão 2018/2019 terá 118 pontos de internet móvel (rede wi-fi) gratuitos, disponibilizados pela Copel, em todos os sete municípios do Litoral. Pelo aplicativo “Bombeiros Paraná”, também será possível conferir a localização de todos os postos guarda-vidas. Disponível nos sistemas Android e iOS, quem se cadastrar também poderá receber alertas de chuvas, vendavais, raios e cabeças d’água (para rios) com até 1h30 de antecedência. Nesta semana, o governo do Paraná se reuniu com profissionais das secretarias, órgãos e empresas envolvidas para definir os últimos ajustes da Operação.

“O celular de quem fizer o cadastro será localizado e qualquer situação de risco na área em que a pessoa estiver será avisada”, garantiu o major Gerson Gross, comandante do 8º Batalhão do Corpo de Bombeiros no Litoral e comandante operacional da Operação Verão, ressaltando que esse é o primeiro aplicativo com um sistema de alerta georreferenciado. Os guarda-vidas estarão à disposição das 8h30 às 19h30 durante o horário de verão – que vai até a segunda semana de fevereiro. A partir daí até o dia 10 de março, quando a Operação é encerrada, o período de atendimento será das 9h às 18h.

Na área da saúde, o Samu do Litoral receberá três UTIs móveis em Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná, enquanto as equipes de resgate vão contar com o helicóptero do Batalhão de Operações Aéreas. Além disso, serão 7 mil profissionais atuando nos hospitais e unidades de pronto atendimento. Já a limpeza das areias ficará a cargo da Sanepar, que contará com oito equipes para fazer a coleta de resíduos sólidos durante o dia – na última temporada, foram retiradas 760 toneladas de resíduos. A companhia também vai instalar duchas ecológicas em dez pontos do Litoral e outras duas duchas móveis que percorrerão as praias.

A Operação será iniciada no dia 21 de dezembro e vai até o dia 10 de março, uma semana após o Carnaval. Serão 2,2 mil profissionais que vão reforçar o atendimento nas praias, sendo 1,4 agentes da segurança pública.

Previous ArticleNext Article