Paciente morre vítima da Covid-19 esperando leito de UTI em hospital de Londrina

Redação

MP vai à Justiça pela prorrogação de medidas restritivas contra Covid-19 no Paraná

Uma paciente morreu vítima da Covid-19 enquanto esperava por um leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no Hospital Universitário de Londrina, na região norte do Paraná. O caso aconteceu no último domingo (28).

Margarida de Freita Lopes, de 49 anos, era moradora de Rolândia, também na região norte do Estado, e havia sido transferida para Londrina no sábado (27). Ela apresentou os primeiros sintomas do Sars-CoV-2 no início semana passada, dia 22 de fevereiro.

De acordo com sua filha, Thainara, ela foi transferida para Londrina com a esperança de conseguir um leito de UTI, porém, entraram na fila de espera a partir do momento que a paciente deu entrada no hospital.

Segundo o HU de Londrina, a paciente foi intubada ainda no sábado e utilizava ventilação mecânica. Conforme o hospital, foi prestada toda assistência possível e infelizmente a instituição enfrente fila de espera em leitos de UTI.

Margarida de Freita Lopes era diabética. O enterro aconteceu nesta segunda-feira (1°), em Bandeirantes, também na região norte do Paraná.

Ontem, Londrina registrou 100% de ocupação nos leitos de enfermaria exclusivos para pacientes da Covid-19. Já na UTI, a ocupação era de 94%, segundo boletim da secretaria municipal de saúde. No total, o município acumula 37.876 casos confirmados e 701 mortes pelo novo coronavírus.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="748560" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]