Paixão de Cristo supera incêndio e espera 50 mil em Maringá

Redação


Rosângela Gris, Metro Jornal Maringá 

Mais do que o resgate dos últimos dias de Jesus na Terra, a edição deste ano do espetáculo a Paixão de Cristo é um retrato de solidariedade.

Afinal, foi esse sentimento que assegurou a realização das duas apresentações após o figurino e parte do cenário terem sido destruídos no incêndio que atingiu um barracão na Zona 6, em Maringá, no último dia 23 de março.

“Recebemos muita ajuda e o espetáculo ficará muito próximo do original”, garantiu o presidente da Associação Lírius e diretor do espetáculo, Anselmo José.

“Além da ajuda de materiais e mão de obra, uma produtora do Rio de Janeiro, que faz novelas bíblicas para uma emissora, soube do ocorrido e doou 100 figurinos para o espetáculo”.

Já a novidade da edição deste ano fica por conta da inclusão de cenas inéditas como o batismo de Jesus. “O cenário conta com água corrente para simular o Rio Jordão”, adianta o diretor.

Outro diferencial deste ano é a escolha de um Evangelho. “Esta montagem é a partir da perspectiva do Evangelho de Marcos’, explica Anselmo José.

Em relação ao público, a expectativa do diretor é que cerca de 50 mil pessoas assistam às duas encenações. “Esperamos dez mil na quarta e 40 mil na Sexta- -feira Santa”, calcula.

Ontem à tarde, operários finalizavam a montagem do palco erguido na praça da Catedral, no centro da cidade. Hoje será feita a instalação das luzes e som.

A primeira apresentação acontece amanhã, às 20h, enquanto a segunda será na sexta-feira (14), no mesmo horário. O espetáculo dura 1h18 e será transmitido pela TV Evangelizar após as 21h.

Sem título

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="424404" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]