Palotina será sede de esmagadora de grãos e terá 200 empregos gerados até 2023

Redação

Palotina será sede de esmagadora de grãos da C.Vale e terá 200 empregos gerados até 2023

O Governo do Paraná anunciou nesta quarta-feira (23) que a C.Vale irá investir R$ 552 milhões e gerar mais de 200 empregos diretos e indiretos na construção de uma esmagadora de grãos em Palotina, na região oeste do estado.

A unidade será capaz de processar 2,5 mil toneladas de soja por dia para produzir óleo e farelo do grão. Essa matéria-prima será usada na fabricação de ração animal para a produção de carnes da C.Vale.

As obras devem começar em 2021 e tem previsão de término para 2023 e tem o potencial de auxiliar na redução de custos de produção aos cooperados da C.Vale.

“É um sonho antigo da C.Vale. Vamos extrair farelo e óleo, e boa parte desse farelo será consumida pelos produtores de frango, peixes e suínos. Estamos fechando a cadeia. Ela trará melhores condições de competitividade aos nossos produtores, que competem com todo o mundo no comércio de carnes”, avaliou o presidente da empresa, Alfredo Lang.

Atualmente a C.Vale responde por 2% da produção de soja no Brasil, sendo 80% esmagado para a obtenção do farelo. Mas os outros 20% podem ser utilizados em outros produtos como margarinas e maioneses.

“Assinamos um investimento de mais de meio bilhão de reais com a C.Vale, uma das maiores cooperativas da América Latina. Temos o agronegócio mais sustentável do mundo, o Paraná e a C.Vale são exemplos disso. E estamos felizes por unir esse novo investimento e gerar novos empregos”, concluiu o governador Ratinho Junior.

LEIA MAIS: Com aval de Bolsonaro, Guedes lança ofensiva pública por criação de novo imposto

Previous ArticleNext Article