Paralisação dos caminhoneiros perde força, mas segue nas rodovias estaduais do Paraná; acompanhe

Rafael Nascimento

rodovias paraná manifestações ato caminhoneiros bolsonaro

As manifestações de caminhoneiros em apoio ao presidente Jair Bolsonaro continuam sendo registradas em rodovias do Paraná nesta sexta-feira (10). De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), oito atos seguem em andamento nas estradas paranaenses.

Já as estradas federais que cortam o estado, por sua vez, têm trânsito livre nesta manhã, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O Ministério da Infraestrutura informou hoje que apenas três estados seguem com pontos de concentração com abordagem a caminhoneiros: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Rondônia. O levantamento da pasta, entretanto, considera apenas os dados repassados pela PRF, sobre as estradas federais.

Conforme a PRE, grupos de caminhoneiros pró-Bolsonaro permanecem mobilizados nas cidades de Clevelândia, Guarapuava, Jardim Alegre, Mangueirinha, Mariópolis, Piên e Salto do Lontra.

Apesar dos oito atos em andamento, a mobilização nas estradas perdeu força, na medida em que ontem haviam 26 manifestações em andamento nas estradas do Paraná.

Confira a situação nas rodovias estaduais do Paraná:

PRC-280, em Clevelândia

Manifestantes permanecem concentrados em frente a um posto de combustível. Via liberada no local, sem bloqueios.

PRC-466, em Guarapuava

Cerca de 50 pessoas participam do ato, no km 177 da rodovia. Caminhões estão sendo parados, com exceção dos que transportam perecíveis e cargas vivas. Veículos de passeio são retidos por cerca de 10 minutos, e depois são liberados.

PR-170, em Guarapuava

40 caminhões estão parados às margens da rodovia, na altura do km 382. No local, os manifestantes relataram aos policiais que irão liberar os caminhões de ” tempo em tempo”, no sistema pare de siga. Ambulâncias e caminhões com carga perecível e viva, além de ônibus, não são retidos.

PRC-466, em Jardim Alegre

Cerca de 50 caminhões estão no local, segundo a polícia. Veículos de carga começaram a ser parados pelos manifestantes às 8h, e serão liberados às 20h para seguirem viagem.

PR-469, em Mangueirinha

A liberação e bloqueio do trânsito ocorre a cada 10 minutos, no trevo de acesso à Palmas. Cerca de 40 pessoas estão no local.

PRC-280, em Mariópolis

Manifestantes permanecem no km 194 da rodovia, mas sem bloqueio de pista.

PR-281, em Piên

Bloqueio parcial de pista no km 26 da rodovia. Caminhões, veículos de passeio e motocicletas são liberados de hora em hora, no sistema pare e siga.

PR-471, em Salto do Lontra

Bloqueio parcial no km 228. Somente automóveis e caminhões com carga perecível, viva e veículos de emergência são liberados pelos manifestantes.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="789008" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]