Paralisação do transporte coletivo entra no 5º dia em Londrina

Tarobá News

Paralisação do transporte coletivo entra no 5º dia em Londrina

Londrina segue sem ônibus do transporte coletivo nas ruas nesta terça-feira (13). Este é o 5° dia de paralisação dos trabalhadores das empresas LondriSul e TCGL, que alegam atraso nos salários.

O pagamento deveria ter sido feito dia 7 de abril, porém, apenas os trabalhadores da TIL (empresa de ônibus) tiveram os depósitos efetivados, de forma parcelada.

Na manhã desta segunda-feira (12), o prefeito Marcelo Belinati recebeu representantes do sindicato e uma comissão dos trabalhadores para tentar mediar com as empresas o pagamento dos salários atrasados, mas as empresas não enviaram representantes.

Uma decisão da Justiça do Trabalho, de ontem, determinou um prazo de cinco dias para que as empresas TCGL e Londrisul regularizem os pagamentos atrasados dos colaboradores. Uma audiência de acordo, que durou dois dias na última semana, não chegou um acordo e por isso os trabalhadores deflagraram a paralisação.

As duas empresas que atuam em Londrina indicam “colapso financeiro”, por conta da pandemia da Covid-19.

*Leia mais notícias no Portal Tarobá News, parceiro do Paraná Portal

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="757173" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]