Paraná registra menor taxa de ocupação dos leitos de UTI desde fevereiro

Redação

Paraná registra menor taxa de ocupação dos leitos de UTI desde fevereiro

A Secretaria de Estado da Saúde do Paraná registrou nesta quarta-feira (14), a menor taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para Covid-19 desde 13 de fevereiro, com 75% de lotação.

Outro índice positivo foi a queda da taxa de reprodução do coronavírus (Rt), que chegou a marca de 0,69, segundo a plataformaLoft.Science.

“A baixa nos indicadores mostra a efetividade das medidas de prevenção reforçadas pelo Governo do Estado, e da vacinação, que tem acelerado em todo o Paraná. Mas ainda não é uma situação confortável, temos que ter cuidado, há novas variantes circulando, mas estamos caminhando para vencer essa pandemia”, explicou o secretário estadual de Saúde, Beto Preto.

A queda nesses índices também auxilia na diminuição da fila de espera por leitos de UTI e enfermaria, sendo que atualmente 91 pessoas estão aguardando transferência para esses espaços.

Como comparação, durante o mês de junho, a fila de espera por esses leitos ultrapassou a marca de 1,2 mil pacientes.

“É importante ressaltar que, mesmo em fila, os pacientes estão sendo atendidos, mas a nossa prioridade é isolar esse atendimento e para isso, contamos com mais de 4,7 mil leitos exclusivos”, finalizou o secretário.

Atualmente o Paraná conta com 1.989 leitos de UTI e já realizou 98,4 mil atendimentos, com uma média de permanência dos pacientes de 11 dias nas UTIs e seis nas enfermarias.

LEIA MAIS: Paraná registra novo caso da variante delta em São José dos Pinhais

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="775645" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]