Paraná registra chuvas abaixo da média no mês de setembro

Redação

Paraná registra chuvas abaixo da média no mês de setembro

O Paraná registrou chuvas abaixo da média no mês de setembro, com apenas as regiões Sudoeste e Litoral tendo registro positivo durante o período.

Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (1º) pelo Simepar (Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná).

Além da falta de chuvas, foram registradas temperaturas recordes nas regiões de Palotina (41.3°C), no Oeste, e Umuarama (40.7°C), no Noroeste, demonstrando como a estiagem prossegue no Paraná.

“De um modo geral, com exceção das regiões de Pato Branco e Francisco Beltrão, o Paraná registrou chuvas abaixo da média histórica em setembro, incluindo a Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Isso se deve ao predomínio das massas de ar seco que ainda estão atuando com bastante força sobre o estado”, explicou o meteorologista do Simepar, Reinaldo Kneib.

As regiões mais afetadas pela estiagem em setembro foram as Norte, Oeste e Central. Em Londrina, o acumulado de chuvas no mês foi de 50,6 milímetros, enquanto a média esperada seria de 100,4 milímetros.

Já em Maringá a precipitação foi de 37,2 milímetros, sendo que a média histórica é de 96,4 milímetros, enquanto Cascavel apresentou acúmulo 62,2 milímetros no mês passado, 50% a menos que média histórica de 123,5 milímetros.

Na Região Central, Ponta Grossa teve chuvas de 58,2 milímetros, mas o volume médio esperado era 119,3 milímetros, e Guarapuava apresentou chuvas de 72,6 milímetros, abaixo da média para o mês, de 166,5 milímetros.

Por fim, Curitiba também apresentou chuvas de 53 milímetros na cidade, sendo que a média do volume de chuvas em setembro na capital paranaense é de 123,1 milímetros.

Mas o Simepar tem expectativa que os próximos dias sejam chuvosos em todo Paraná, devido ao avanço de uma frente fria pela Região Sul do Brasil

“Ocorrem chuvas fortes, com ventos fortes acima dos 55 km/h, em diversas regiões do Paraná. A chuva seguirá com mais expressão principalmente nas regiões Oeste, Sudoeste e Centro-Sul. As máximas estão acima dos 30ºC na região de Maringá, Paranavaí e Jacarezinho. Em Londrina, a média foi de 28ºC”, informou o meteorologista do Simepar, Samuel Braun.

Ainda há expectativa de um fluxo de umidade vindo Paraguai e Mato Grosso do Sul nos próximos dias o que também deve auxiliar na mitigação dos efeitos da estiagem no Paraná.

“Se chegar nesse volume que está previsto, de até 100 milímetros de chuvas nesses primeiros dias do mês, as chuvas ajudarão a elevar os níveis dos reservatórios, beneficiando as cidades que enfrentam rodízio no abastecimento de água. A vinda das chuvas é uma boa notícia também para os agricultores, que precisaram atrasar o plantio das culturas de verão por causa da estiagem”, finaliza o meteorologista do Simepar, Lizandro Jacóbsen.

LEIA MAIS: Ventos danificam estrutura de evento com Bolsonaro no Aeroporto de Maringá

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="793936" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]