Paraná chega a 23 casos de coronavírus e decreta fechamento do comércio

Vinicius Cordeiro

coronavírus paraná casos

O Paraná está com 23 casos confirmados do novo coronavírus. Com isso, o governo estadual decretou a suspensão de boa parte das atividades comerciais no estado.

Shoppings, galerias, cinemas, teatros, bares e academias estão inclusas na decisão da administração, que prevê a suspensão das atividades de forma gradual. A prefeitura de Curitiba adotou medidas similares, enquanto Foz do Iguaçu, Paranavaí e Londrina já tinham determinado o fechamento do comércio.

As informações foram confirmadas pelo chefe da Casa Civil, Guto Silva, e pelo secretário de Saúde, Beto Preto, em uma live da administração estadual. O governador Ratinho Junior não apareceu no vídeo, mas assinou quatro decretos nesta quinta-feira (19).

Segundo a Sesa (Secretaria da Saúde), os nove casos são referentes a cinco mulheres e quatro homens, todos de Curitiba. Eles têm idade entre 22 e 81 anos e estiveram em São Paulo, Itália e Espanha.

Além de 23 confirmações, o Paraná ainda tem 146 casos de coronavírus sob análise e 122 casos descartados.

Por fim, o governo também anunciou que 360 profissionais da saúde, entre médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem, foram chamados do concurso estadual de 2016 para reforçar o combate ao coronavírus.

CORONAVÍRUS NO PARANÁ

54 casos dos 146 sob suspeita de coronavírus no Paraná são em Curitiba. Já Ponta Grossa, com 19 pacientes suspeitos, Cascavel (14), Londrina (12), Maringá (11) e Foz do Iguaçu (9), aparecem na sequência.

Casos confirmados no Paraná por cidade:

  • Curitiba: 17
  • Cianorte: 2
  • Foz do Iguaçu: 1
  • Campo Largo: 1
  • Maringá: 1
  • Londrina: 1

De acordo com a Sesa, os números divulgados podem ser diferentes em relação aos do Ministério da Saúde. A pasta estadual informou que o sistema do Ministério está instável nessa semana e por isso não tem como descartar novos casos, tampouco analisar e indicar quais municípios estão localizados os novos suspeitos.

Por fim, a Secretaria ainda diz que apenas dois laboratórios privados estão habilitados para a testagem de coronavírus.

Previous ArticleNext Article