Paraná e Curitiba vão enfrentar a pior semana da pandemia, prevê presidente da SBI

Redação

covid curitiba boletim casos mortes

Clóvis Arns, infectologista e presidente da SBI (Sociedade Brasileira de Infectologia), disse que Paraná e Curitiba vão enfrentar a pior semana da pandemia do coronavírus. Segundo ele, a consciencização do isolamento social por parte da população será essencial para ter a situação da Covid-19 sob controle entre quatro a seis semanas.

“Quase com certeza, vamos enfrentar a pior semana da epidemia da covid até agora em Curitiba e no Paraná. Mesmo hospitais privados de Curitiba já estão sem vagas de UTI ou com poucas disponíveis. Vários internamentos nas últimas 24 horas!“, diz ele, em mensagem que está sendo compartilhada nas redes sociais.

Conforme o último boletim do coronavírus no Paraná, a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) aponta que o Estado tem 9.583 casos e 326 mortes por coronavírus.

Para ele, cada um precisa fazer sua parte.

“É o momento de cada cidadão fazer , mais do que nunca, sua parte e evitar aglomerações e locais que não oferecem as 3 regras fundamentais de prevenção : 1) uso de máscaras; 2) distanciamento físico de 1,5m; 3) higienização de mãos”, completa ele, reforçando as medidas de higiene.

Por fim, ele alerta que o Rio Grande do Sul está com as mesmas dificuldades do Paraná e que Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás também registraram um aumento significativo nessa última semana.

“VÁRIAS instituições de saúde e municípios do PR estão com dificuldades de comprar respiradores , oxímetros e ter equipe de enfermagem e/ou médica para abrir mais leitos”, finaliza.

Prezados Colegas e Amigos !Quase com certeza, vamos enfrentar a pior semana da epidemia da covid até agora em Curitiba…

Publicado por Carol Arns em Domingo, 14 de junho de 2020

CURITIBA COM NOVAS MEDIDAS

Neste sábado (13), a Secretaria de Saúde de Curitiba decidiu pelo fechamento de academias, Igrejas, praças e parques, clubes sociais, festas e outras atividades de entretenimento. As medidas foram adotadas com a mudança de alerta (de amarelo para laranja) no combate ao coronavírus.

Já o comércio pode funcionar em horários determinados, mas apenas de segunda a sexta-feira. O comércio de rua, incluindo galerias, pode abrir das 10h às 16h, e os shoppings das 12h às 20h.

Outra cidade que impôs novas restrições foi Cascavel, que determinou o toque de recolher a partir das 20h.

Previous ArticleNext Article