Massa de ar polar, que vai derrubar as temperaturas, avança pelas áreas de fronteira do Paraná

A massa de ar polar que vai derrubas as temperaturas no Paraná avança pelas áreas de fronteira. O tempo deve ficar instá..

Mirian Villa - 27 de julho de 2021, 07:56

Ricardo Marajó/FAS
Ricardo Marajó/FAS

A massa de ar polar que vai derrubas as temperaturas no Paraná avança pelas áreas de fronteira. O tempo deve ficar instável em todo estado durante esta terça-feira (27), mas durante a madrugada de quarta a onda de frio ganha força e se instala na região.

"A frente fria avança e chega ao Paraná pelas áreas de fronteira com os países vizinhos e na divisa com Santa Catarina. Nas próximas horas a instabilidade aumenta nas regiões oeste e sudoeste", explicou o meteorologista Lizandro Jacóbsen.

Durante o dia, o avanço da massa de ar polar favorece a ocorrência de chuvas, que poderão vir acompanhadas de rajadas de ventos de intensidade moderada a forte.

ALERTA LARANJA: DECLÍNIO DE TEMPERATURA NO PARANÁ

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu um alerta Laranja, de declínio de temperatura, para todo Paraná. A queda na temperatura é maior que 5°C nos próximos dias.

Segundo o Simepar, hoje as temperaturas ficam mais altas em grande parte do Estado, porém, a quarta-feira (28) já amanhece gelada.

ONDA DE FRIO NO PARANÁ

No final de semana, o Simepar emitiu um aviso sobre uma forte massa de ar polar que vai causar uma onda de frio intenso no Paraná entre os dias 28 de julho e 2 de agosto.

Massa de ar polar, que vai derrubar as temperaturas, avança pelas áreas de fronteira do Paraná (Ricardo Marajó/FAS)

"A partir de 28 de julho as temperaturas vão apresentar queda muito acentuada, começando pelo oeste do estado e avançando pelas demais área do Paraná. A temperatura mínima esperada nesse dia fica entre 0 e 4 °C nessas regiões. Aliado à temperatura muito baixa, o vento vindo da direção sul deixa a sensação de frio ainda maior e será grande o desconforto para permanecer e se locomover ao ar livre", diz o aviso.

Entre os dias 29 de julho e 2 de agosto, a forte massa de ar frio se estabelece por todo Estado. Por isso, os dias ficarão muito gelados e as temperaturas não sobem no período da tarde. Mesmo com a presença do sol, o ar gelado afeta a sensação térmica, que não devem passar dos 10°C.

"Serão observadas temperaturas negativas em todo Paraná, com mais destaque nas regiões sul, sudoeste, centro e Campos Gerais. Frio muito rigoroso e temperaturas negativas também serão observadas na Região Metropolitana de Curitiba, além de várias cidades das regiões norte e oeste. Até mesmo na área do litoral paranaense temperaturas muito baixas serão observadas", diz o aviso.

FRENTE FRIA DE 2013 

A última frente fria intensa que o Estado registrou aconteceu em 2013, quando geadas generalizadas foram registradas em todas as regiões, assim como chuva congelada por uma semana.

"Essa forte onda de ar frio esperada para a próxima semana e que vai manter o tempo gelado por vários dias no Paraná deve apresentar semelhanças com o evento ocorrido em julho de 2013, o qual provocou temperaturas negativas ou muito baixas por uma semana e causou formação de geadas generalizadas em todo o estado", explicou o Simepar.