Paraná tem 236 presos e 59 policiais penais com covid-19, diz sindicato

Vinicius Cordeiro

cadeia paraná covid

O Paraná registra 236 presos e 59 policiais penais com covid-19, conforme balanço do Sindarspen (Sindicato dos Policiais Penais do Paraná). O sindicato lançou nesta quarta-feira (8) um mapa de monitoramento de prevenção ao coronavírus nas unidades penais públicas do Estado.

Na primeira atualização, foram contabilizados também 41 policiais e 22 detentos com suspeita do coronavírus. Além disso, três policiais penais estão internados em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva).

O objetivo do monitoramento é levantar informações em tempo real sobre como as unidades penais estão preparadas em relação às medidas de prevenção e estrutura contra o coronavírus. O Sindarpen acusa que o governo do Paraná omite essas informações e busca dar transparência sobre a covid entre a categoria.

METODOLOGIA DO MAPA DE MONITORAMENTO DO SINDARSPEN

O mapa de monitoramento da covid traz os dados das confirmações e casos suspeitos entre policiais e detentos com atualização diária após informações dos servidores.

Contudo, o mapa ainda oferece informações sobre disponibilidade de equipamentos, como álcool gel, água e sabão, EPIs (equipamentos de proteção individual), e de protocolos, como suspensão de visitas e triagem.

As coletas desses dados são feitos junto a grupos de policiais penais via resposta de questionários enviados pelo sindicado a cada 7 dias.

Previous ArticleNext Article