Paraná prorroga por mais 10 dias decreto com medidas de combate à Covid-19

Redação

Paraná aplica lei-seca de madrugada e restringe eventos em novo decreto

O governo do Paraná prorrogou por mais dez dias as medidas restritivas e de distanciamento social para evitar a propagação da covid-19 e conter o aumento das infecções no estado.

O texto foi assinado nesta quinta-feira (17) pelo governador Ratinho Júnior e passa a valer a partir de sábado (19), se estendendo até 28 de dezembro.

O Decreto 6555/2020 mantém as regras que estão em vigor no Paraná desde o começo de dezembro. Entre as principais medidas estão a proibição de confraternizações e eventos presenciais com mais de 10 pessoas, o toque de recolher, comercialização e consumo de bebidas alcoólicas em vias e espaços públicos, das 23 horas às 5 horas.

O governo informou que o decreto assinado hoje poderá ou não ser prorrogado após o dia 28.

“É um momento especial, em que precisamos da colaboração de todos para controlar a circulação do vírus. O pedido segue para que as pessoas reforcem os cuidados contra a doença, com máscaras, álcool gel, higiene pessoal e, claro, distanciamento social”, afirmou Ratinho Junior.

PARANÁ BATE RECORDE DE MORTES PELA COVID-19 E APERTA MEDIDAS RESTRITIVAS

O boletim epidemiológico divulgado na última quarta-feira (16) pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) indicou um novo recorde de mortes em decorrência da covid-19: 199 óbitos. A Sesa também confirmou 2.845 diagnósticos positivos da doença no estado, além de 17.322 casos retroativos do período entre 1º de abril a 14 de dezembro.

Os dados acumulados do monitoramento da doença mostram que o Paraná soma 356.992 casos e 7.057 mortes desde o início da pandemia, em março.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI adulto exclusivos para pacientes suspeitos ou contaminados pela doença no Estado está em 86% e de enfermaria em 63%. Das 1.127 vagas, 974 estão ocupadas.

Previous ArticleNext Article