Paraná registra 26 mortes por gripe em uma semana

Andreza Rossini


O número de mortes provocadas por gripe no Paraná aumentaram de 90 para 116 em uma semana, sendo que 105 foram causadas pela influenza H1N1, de acordo com o boletim divulgado nesta quarta-feira (22), pela Secretaria Estadual da Saúde.

Desde janeiro até esta quarta-feira (22) foram confirmados 725 casos de Síndromes Respiratórias Agudas Graves por influenza. 57 a mais se comparado com os números divulgados na semana anterior. Do total, 671 são por H1N1.

“Estamos alertas para o aumento de casos de gripe no Estado. A baixa nas temperaturas tem favorecido o crescimento de síndromes respiratórias. É importante que a população esteja atenta aos sinais de gripe, como febre, dor de garganta forte, tosse, dor de cabeça, mal-estar geral, podendo apresentar dificuldades respiratórias, e que procure o atendimento médico rapidamente”, ressalta o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto.

A superintendente de Vigilância em Saúde, Cleide de Oliveira,  a maior parte dos óbitos por gripe confirmados no Estado é referente a pacientes com alguma doença crônica e maiores de 60 anos. A Região Metropolitana de Curitiba registra o maior número de óbitos provocados pela doença.

Medicamentos

O governo do estado informou que solicitou ao Ministério da Saúde mais 100 mil tratamentos Oseltamivir para atender a demanda dos 399 municípios do Estado devido ao aumento nos casos de gripe.

Os óbitos estão distribuídos por 18 Regionais de Saúde (RS):

1ª RS – Paranaguá: 4 mortes

2ª RS – Metropolitana de Curitiba: 27

3ª RS – Ponta Grossa: 9

4ª RS – Irati: 3

5ª RS – Guarapuava: 2

7ª RS – Pato Branco: 1

8ª RS – Francisco Beltrão: 7

9ª RS – Foz do Iguaçu: 16

10ª RS – Cascavel: 5

11ª RS – Campo Mourão: 6

12ª RS – Umuarama: 2

15ª RS – Maringá: 11

16ª RS – Apucarana: 5

17ª RS – Londrina: 6

18ª RS – Cornélio Procópio: 4

19ª RS – Jacarezinho: 2

20ª RS – Toledo: 5

22ª RS – Ivaiporã: 1

Previous ArticleNext Article