Paraná registra mais duas mortes por dengue

Andreza Rossini


A Secretária da Saúde confirmou mais duas mortes por dengue no Paraná. Um dos casos aconteceu em Paranaguá, no litoral, que apresenta o pior cenário do estado. O outro foi registrado em Ivaiporã, na região norte. O total de mortes nos municípios paranaenses chega a 57, desde agosto de 2015.

De acordo com o levantamento da secretaria, mais de 1.197 casos de dengue foram confirmados na última semana, totalizando 49.301 ocorrências no período. O número representa uma alta de 2,49% em relação ao total verificado no boletim anterior, com 48.104 registros. Os números também mostram que a doença está com a evolução lenta, no último balanço o salto foi de 5,76%.

Mesmo assim, a chefe da Vigilância Ambiental da Sesa, Ivana Belmonte, diz que o cuidado precisa ser mantido. “A dengue vai se tornar endêmica. Vai sempre ter ocorrência de casos. É importante que a população mantenha esse trabalho que foi realizado e evite que haja acumulo de lixo ou qualquer possibilidade de acumulo de água parada para que nós não tenhamos a proliferação do mosquito novamente”, afirmou em entrevista à BandNews Curitiba.

Cerca de 80% das cidades do estado tem ou já tiveram um morador infectado pela dengue. No total, 77 municípios estão em situação de epidemia, três a mais em comparação ao da última semana. As novas cidades a entrarem em epidemia são Céu Azul e Maripa no oeste e Atalaia, no norte.

Zika e chikungunya

O levantamento da Secretaria da Saúde apontou que os casos de chikungunya subiram de 68 para 72, sendo que sete são autóctones, ou seja, contraídos no local. Os registros de zika subiram de 296 para 314, dos quais 210 são autóctones e 104 importados.

Com informações da BandNews Curitiba

Previous ArticleNext Article