câmara federal
Compartilhar

Paraná tem oito cidades entre as melhores para envelhecer

O Paraná tem oito cidades grandes entre as 150 melhores para envelhecer no Brasil. Entre os municípios avaliados pelo In..

Mariana Ohde - 13 de maio de 2017, 11:23

O Paraná tem oito cidades grandes entre as 150 melhores para envelhecer no Brasil. Entre os municípios avaliados pelo Instituto de Longevidade Mongeral e FGV, a capital Curitiba ocupa o 13º lugar.

Também aparecem no ranking Maringá (18º), Londrina (23º), Ponta Grossa (62º), Cascavel (65º), São José dos Pinhais (70º), Foz do Iguaçu (86º), Colombo (92º). A lista é liderada por Santos (SP), Florianópolis (SC) e Porto Alegre (RS), respectivamente.

Os dados fazem parte do Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade – Instituto de Longevidade Mongeral Aegon/FGV 2017. Segundo os dados, essas cidades apresentam as sete principais variáveis positivas de qualidade de vida para quem tem mais de 60 anos: cuidados de saúde, bem-estar, finanças, habitação, educação e trabalho, cultura e engajamento e indicadores gerais. Cada variável, de acordo com o Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade, tem o peso estabelecido com base nas principais necessidades da população dessa faixa etária.

Cidades menores

O Paraná também aparece na lista dos 348 melhores municípios menores - que têm entre 50 mil e 100 mil habitantes. União da Vitória (49ª), Cianorte (38ª), Francisco Beltrão (37ª), Marechal Cândido Rondon (27ª) e Pato Branco (11ª) estão entre os 50 primeiros colocados. A lista é liderada por São João da Boa Vista, Vinhedo e Lins, todas em São Paulo.

Veja o levantamento completo.