Pastor se nega a pagar R$ 10 por conserto de energia e é morto a tiros no Paraná

O pastor de uma igreja foi morto com mais de 10 tiros em Palmas, na região sul do Paraná, após ter se negado a pagar R$ 10 a um homem para consertar a energia.

Redação - 22 de janeiro de 2022, 14:52

Novo 0
Novo 0

O pastor de uma igreja foi morto com mais de 10 tiros em Palmas, na região sul do Paraná, após ter se negado a pagar R$ 10 pelo conserto da energia. O caso aconteceu entre a noite de ontem (21) e a madrugada deste sábado (22) e foi divulgado pelo G1, com informações da PM (Polícia Militar).

VEJA TAMBÉM: Jovem é presa com cinco pistolas e munição em ônibus, no oeste do Paraná

A ocorrência foi uma grande confusão: quatro pessoas acabaram baleadas e levadas ao hospital e a casa de um dos suspeitos foi incendiada.

PASTOR É MORTO A TIROS EM PALMAS: ENTENDA O QUE ACONTECEU

Segundo informações da PM, o pastor procurou alguém para consertar a fiação de energia. No entanto, um morador pediu o valor de R$ 10 pelo serviço, o que foi negado pelo pastor.

Esse homem se revoltou e saiu da igreja. Tempo depois, ele retornou para o local com dois irmãos e o trio atirou contra as pessoas que estavam lá. Quatro homens foram baleados - um de 21, outro 25 e o mais velho, de 32 anos, sobreviveram. O outro, de 25 anos, morreu.

Depois disso, quatro pessoas encapuzadas foram até a casa do pastor, que saiu na rua e foi atingido com mais de 10 tiros.

As pessoas da comunidade se revoltaram contra a ação dos homens e causaram um incêndio na casa de um deles.

Por enquanto, um dos suspeitos de atirarem na igreja foi preso. 

O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil.