PCPR prende suspeito de matar empresário fundador da rede de lojas Xiquita em Matinhos, no litoral do Paraná

Fernanda Scholze - BandNews FM


Um homem, de 34 anos, foi preso suspeito de roubar e matar o empresário Maruan Majid, fundador da rede de lojas de artigos infantis Xiquita. A prisão aconteceu na tarde desta quarta-feira (16).

O crime aconteceu, na noite de domingo (13), em Matinhos, no litoral do Paraná, quando o empresário e a esposa retornavam para a casa de veraneio que mantinham na região. Maruan foi morto a tiros e a mulher foi encaminhada ao hospital com ferimentos, mas já recebeu alta.

A delegada da Polícia Civil do Paraná, Sâmia Coser, conta que a esposa da vítima relatou quem seria o homem que efetuou os disparos. “Desde o crime a polícia vem trabalhando nas investigações, ouvindo testemunhas, e fomos delineando uma linha de investigação que foi confirmada quando a vítima Joelma saiu do hospital e confirmou quem foi a pessoa que fez os disparos de armas de fogo”, explicou.

Ela relata que o preso nega o crime. Com o disparo, o empresário morreu na hora. A esposa do empresário conseguiu escapar da ação dos criminosos e se trancou no banheiro da residência, onde chamou a polícia e o SAMU. A residência do empresário fica na Avenida Atlântica, no Balneário Perequê, em Matinhos e tem frente para o mar.

O corpo do empresário foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Paranaguá, também no litoral. Maruã Majid foi fundador e ex-proprietário da rede de lojas de artigos infantis Xiquita.

A rede chegou a ter 10 lojas físicas do segmento na capital paranaense, até serem vendidas pelo empresário. Após a pandemia da Covid-19, a rede migrou a sua atuação exclusivamente para as vendas online.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="770524" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]