Aumento na tarifa do pedágio entre Curitiba e Litoral começa a valer

A partir desta terça-feira (10), os motoristas que trafegarem pela BR-277 e pelas PRs 508 e 407, rodovias responsáveis p..

Redação - 09 de dezembro de 2019, 20:14

PR - MOVIMENTO/PRAIAS PARANÁ - CIDADES - Movimento na Praia de Caiobá, em Matinhos litoral do Paraná, neste sábado, 16, feriado prolongado da Proclamação da República. Foram mais de 25 mil veículos que saíram de Curitiba em direção ao Litoral, de acordo com a Ecovia, que administra a BR-277 até Paranaguá. Mesmo assim, o movimento foi considerado decepcionante pelo comércio local. (Foto: Geraldo Bubniak / Fotoarena)
PR - MOVIMENTO/PRAIAS PARANÁ - CIDADES - Movimento na Praia de Caiobá, em Matinhos litoral do Paraná, neste sábado, 16, feriado prolongado da Proclamação da República. Foram mais de 25 mil veículos que saíram de Curitiba em direção ao Litoral, de acordo com a Ecovia, que administra a BR-277 até Paranaguá. Mesmo assim, o movimento foi considerado decepcionante pelo comércio local. (Foto: Geraldo Bubniak / Fotoarena)

A partir desta terça-feira (10), os motoristas que trafegarem pela BR-277 e pelas PRs 508 e 407, rodovias responsáveis por ligarem Curitiba com o Litoral do Paraná, irão pagar mais caro nos pedágios.

Segundo a Ecovia - concessionária responsável por essas rodovias, a tarifa para veículos de passeios terá crescimento de 4,1%, passando de R$ 14,60 para R$ 15,20. Para as motos o reajuste também será de 4,1%, saindo da casa de R$ 7,30 para R$ 7,60.

Já os caminhoneiros terão que desembolsar R$ 22,80 para carretas de eixo simples e R$ 30,40 para veículos com eixo duplo, enquanto que a tarifa para os ônibus fica na casa dos R$ 15,20.

Ainda de acordo com a Ecovia, as alterações nos valores foram autorizados pela Portaria número 485/19 e cumprem o artigo XIX, item cinco, do contrato de Concessão nº 076/97, que determina o reajuste anual das tarifas na praça de pedágio, localizada no km 60,5 da BR-277.

Às vésperas dos feriados do Natal e do Ano Novo é importante que os motoristas que se deslocarem para o litoral paranaense já coloquem em suas despesas esses novos valores de pedágio.