Pedestre é atropelada por viatura da PM em canaleta de ônibus

Cristina Seciuk - CBN Curitiba


Curitiba teve mais um caso de atropelamento de pedestre por viatura da Polícia Militar. Foi na canaleta exclusiva do transporte coletivo na Avenida Winston Churchill, Capão Raso, por volta das 8h30 da manhã desta sexta-feira (24).

A pedestre teria acabado de descer do ônibus, na estação-tubo Santa Regina, e tentou atravessar a via sem perceber a aproximação da viatura, que a atingiu.

Os dois PMs que estavam na viatura prestaram socorro inicialmente e aguardaram com ela a chegada do Siate. A mulher teve ferimentos moderados e foi encaminhada ao Hospital do Trabalhador.

Em nota enviada pela PM, o 13º Batalhão informou que está fazendo todos os levantamentos necessários sobre o acidente envolvendo a viatura da unidade. As informações iniciais repassadas são de que “a equipe policial militar transitava pela via sentido bairro Novo Mundo para dar apoio a outra equipe policial, quando uma jovem, de 36 anos, atravessou a canaleta e foi atropelada”. Segundo a PM a mulher teve o braço fraturado e sofreu um ferimento leve na cabeça e rosto, mas passa bem.

Ainda que bem menos grave, este foi o segundo caso de acidente envolvendo uma viatura da Polícia Militar com atropelamento de pedestres em menos de um mês. No dia 31 de julho, quatro mulheres que estavam em um ponto de ônibus na Linha Verde morreram após serem atingidas por outro carro da corporação que trafegava pela canela, perdeu o controle e invadiu o canteiro central.

O caso é investigado pela Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran), que inicialmente tratou a situação como fatalidade, mas levantou indícios de que a viatura estava com sirene e giroflex desligados e não fazia atendimento a ocorrência (e consequentemente não poderia trafegar pela faixa exclusiva dos ônibus naquele momento). Um Inquérito Policial Militar foi aberto e corre em paralelo à investigação criminal.

 

Previous ArticleNext Article