Pela segunda vez, Aeroporto Internacional de Curitiba é eleito o melhor do Brasil

Fernando Garcel


O Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, voltou a ser eleito pelos passageiros como o melhor do país pelo Prêmio Aeroportos + Brasil 2017. A premiação foi entregue na quarta-feira (5), na sede do ministério dos Transportes, em Brasília (DF). O Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro (RJ), foi eleito o aeroporto com mais facilidade ao passageiro.

A pesquisa ouviu mais de 55 mil passageiros de voos domésticos e internacionais durante todo o ano passado em 15 aeroportos de maior movimentação no Brasil. Além de melhor terminal, o Aeroporto Internacional de Curitiba, como é conhecido, também recebeu prêmios em quatro categorias: Restituição de Bagagem + Eficiente, Aeroporto + Cordial, Aeroporto + Confortável e Aeroporto + Limpo.

As perguntas constantes da entrevista contemplam os indicadores qualitativos descritos nas nove categorias e seguem a escala de avaliação de 1 a 5, sendo 1 para a menor avaliação possível e 5 para a maior avaliação possível. A distribuição amostral das entrevistas considera a distribuição de passageiros prevista para os extratos de embarque e desembarque doméstico e internacional.

Foto: Reprodução / Infraero
Foto: Reprodução / Infraero

Para o presidente da Infraero, Antônio Claret de Oliveira, que administra o aeroporto, a premiação só foi possível por conta da dedicação “dia e noite” de todos os funcionários da empresa. “O mérito é da Infraero, principalmente dos funcionários da empresa. Desde as pessoas que recebem os passageiros nos saguões de embarque, aos fiscais de pátios e amarelinhos”, disse.

Claret ressaltou ainda que o prêmio Aeroportos + Brasil mostrou a capacidade de reestabelecimento e de volta ao crescimento da Infraero, mesmo nos tempos de crise. “Estamos transformando a crise em oportunidade. E oportunidade significa sermos o melhor aeroporto do Brasil, a melhor empresa do Brasil, e a melhor empresa aeroportuária da América Latina”, disse.  “Para o futuro, além de mais pódios, teremos resultado e independência financeira”, acrescentou.

Atualmente, cerca de 170 voos operam diariamente no terminal, transportando aproximadamente 18,5 mil passageiros, número que o coloca como o 6º aeroporto mais movimentado do Brasil no ranking da Rede Infraero. Com capacidade para receber 14,8 milhões de passageiros por ano, o Afonso Pena, registrou mais de 6 milhões de passageiros em 2016. Cinco companhias aéreas operam no terminal paranaense: Aerolíneas Argentinas, Avianca Brasil, Azul Linhas Aéreas Brasileiras, Gol Linhas Aéreas e Latam, que ligam Curitiba a 16 destinos brasileiros e a Buenos Aires, na Argentina.

Mais investimentos e melhorias

Para aumentar o nível de conforto e segurança, na última década, o terminal curitibano recebeu investimentos na ordem de R$ 350 milhões, que ampliaram sua capacidade de 6,9 milhões para 14,8 milhões de passageiros por ano.

Entre as melhorias recentes, a ampliação do terminal de passageiros, que passou de 45 mil m² para 112 mil m², é a que mais se destaca. Além da ampliação, o terminal também recebeu melhorias no pátio de manobras, que ganhou mais 10 posições para aeronaves, totalizando 26 posições. O projeto mais recente, iniciado em outubro de 2016, compreende a construção do edifício garagem, que contará com três pavimentos e 2,4 mil vagas de estacionamento.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="423545" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]