Pequenos empresários do Paraná tem dívidas de R$ 1,5 bilhão com a Receita

Com Rádio CBN CuritibaO Paraná é o quarto estado com mais empresários que possuem dívidas com a Receita Federal, decorre..

Julie Gelenski - 08 de dezembro de 2016, 12:25

Com Rádio CBN Curitiba

O Paraná é o quarto estado com mais empresários que possuem dívidas com a Receita Federal, decorrentes de impostos não pagos, e perde apenas para São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. O balanço é do Sebrae e inclui apenas os pequenos negócios, aqueles que faturam até R$ 3,6 milhões por ano.

Dos 600 mil empresários brasileiros que devem impostos, cerca de 43 mil e 500 estão no Paraná. A dívida no estado é a terceira maior do país e chega a R$ 1,5 bilhão, de acordo com o Sebrae. Em todo o Brasil, a inadimplência das pequenas empresas soma R$ 21 bilhões. Diante desse cenário, o Sebrae lançou, no último dia 5, um “mutirão de renegociação de dívidas”.

O ponto de partida da campanha é a regularização dos débitos com a Receita. Em outubro, foi sancionada uma lei que amplia o prazo de parcelamento das dívidas de 60 para 120 meses. Até o próximo dia 12, devem ser publicadas as regras para a adesão ao parcelamento. A partir disso, os empresários terão até 90 dias para aderir ao programa. A parcela mínima será de R$ 300, com acréscimo de juros.

Segundo Carlos Baião, assessor da presidência do Sebrae, a orientação é para que os empresários negociem o pagamento das dívidas ainda neste ano para começar 2017 com fôlego para superar a crise: "nós estamos recomendando que todos os pequenos empresários renegociem a dívida até 31 de dezembro, ele fica absolutamente tranquilo".

Para ajudar os pequenos empresários, o Sebrae disponibilizou um site com dicas para negociar as dívidas com os diferentes tipos de credores e com perguntas e respostas sobre a campanha. O Sebrae criou uma página para tratar da renegociação.