37 toneladas de peixes são apreendidas em operação contra a pesca ilegal no Paraná

Redação

pesca irregular, operação, apreensão, peixe, camarão, toneladas, ibama, pf, pcpr, guaratuba, litoral, paraná

Um operação contra a pesca irregular apreendeu 37 toneladas de peixe em Guaratuba, no litoral do Paraná. Duas empresas da área de pescados foram interditadas pela polícia.

As ações de fiscalização contra a pesca irregular começaram nesta terça-feira (10). A operação coordenada pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) conta com o apoio da PF (Polícia Federal) e da PCPR (Polícia Civil do Paraná).

pesca irregular, operação, apreensão, peixe, camarão, toneladas, ibama, pf, pcpr, guaratuba, litoral, paraná
Divulgação/PF

Conforme a polícia, o principal objetivo é coibir a pesca de camarão. Por causa do período de defeso, o crustáceo não pode ser pescado até o dia 31 de maio. Assim, a proibição tem o objetivo de proteger a reprodução das espécies.

De acordo com as entidades ligadas ao meio ambiente, proteger o período de reprodução evita a extinção das espécies marinhas ameaçadas pela pesca ilegal. Além disso, garante a manutenção dos estoques de peixe para os pescadores.

As ações no litoral do Paraná contam com o apoio aéreo da PCPR. No mar, lanchas e motos aquáticas da PF realizam as rondas. Enquanto isso, por terra, agentes do Ibama atuam na fiscalização da pesca irregular e do comércio.

De acordo com as instituições, as ações de fiscalização contra a pesca irregular no litoral do Paraná serão mantidas por tempo indeterminado.

Previous ArticleNext Article