Petrobras fecha acordo bilionário para reparar danos ambientais no Rio Iguaçu

Redação

repar, petrobras

Em acordo firmado com o MPF (Ministério Público Federal), a Petrobras aceitou um acordo bilionário para a reparação de danos ambientais causados pelo vazamento de óleo em Araucária, na região metropolitana de Curitiba.

No mês de julho do ano 2000, uma válvula da Repar (Refinaria Getúlio Vargas) rompeu, e quatro milhões de litros de petróleo foram despejados no Rio Iguaçu, um dos mais importantes do Paraná.

Danos ambientais foram constatados ao longo de 40 km do rio, causando a morte de peixes e aves.

A Petrobras foi condenada em 2013 a pagar uma indenização de R$ 610 milhões, mas recorreu da sentença. Agora, aceitou um acordo que prevê o pagamento de quase R$ 1,4 bilhão em quatro parcelas de R$ 349 milhões.

O acordo ainda precisa ser homologado pela Justiça.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="795724" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]