PF cumpre mandado em casa de jovem investigado pela prática de incitação ao crime

Redação


A casa de um jovem, investigado pela prática de incitação ao crime de racismo, foi alvo de busca e apreensão na manhã desta quarta-feira (17), em Paranaguá, no litoral do Paraná. O estudante também veiculava cruz suástica, ideais nazistas e de supremacia branca nas redes sociais.

Segundo a investigação da PF (Polícia Federal), o investigado vinha divulgando imagens contendo mensagens depreciativas e imagens de menosprezo acerca do povo Judeu. Além disso, ele se autointitulava um “nazista alemão reencarnado” e divulgava vídeos e imagens dos massacres ocorridos nas cidades de Suzano e Columbine.

Após o cumprimento da ordem judicial, o jovem teve seus dispositivos eletrônicos arrecadados pela equipe de investigação e foi ouvido na Delegacia de Polícia Federal de Paranaguá. Agora, a PF pode concluir as investigações ou identificar outros envolvidos.

Se comprovada prática do crime, o jovem será indiciado e poderá sofrer pena de até cinco anos de reclusão e multa, além de eventuais outros crimes que possam ser identificados partir das buscas.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="803934" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]